Quem tem o costume de utilizar os cristais no cotidiano sabe dos cuidados que devem ser tomados. O cristal é um ser vivo. Por isso a importância de conversar com eles, programá-los e purificá-los. 

 

A purificação, principalmente, é de extrema importância. Os cristais recebem, transmutam e transmitem energias. Se não são limpos, acabam absorvendo demais e passam, depois de um tempo, a não desempenhar seus poderes tão bem. 

Outros cuidados também devem ser tomados. Por exemplo, quando os cristais não estiverem em uso, é recomendado guardar em um pedaço de seda ou de veludo. Isso faz com que proteja contra emanações indesejadas ou até mesmo possíveis danos físicos. 

 

Mas, e quando quebram? Devo mantê-lo, tentar consertar?

 

Quebrar naturalmente

 

A maioria das pessoas acredita que se ele quebra naturalmente, é que a missão dele foi cumprida e está na hora dele descansar. A energia dele foi saturada, esgotada. O cristal aparece em sua vida não por acaso, vem com um propósito. 

Vivemos em uma constante mudança de energias e frequências. Os cristais influenciam e são influenciados por esse fluxo de vibrações. Então, a quebra do cristal pode ter sido uma proteção a alguma energia direcionada a você. Em vez de você ou sua aura absorverem uma energia que iria te desequilibrar, o cristal a absorve, te protege daquilo. 

A melhor opção é devolvê-lo a natureza, agradecendo. Esse processo pode ser feito colocando o cristal em um lugar com terra, como um vaso ou “plantado” debaixo de uma árvore. Ao fazer isso, agradeça o tempo que o cristal teve com você, a sabedoria, a proteção e a atividade dele. É um momento de humildade e gratidão.

Há quem relaciona os poderes e influência do cristal com o motivo da quebra. Por exemplo, a esmeralda é conhecida como “pedra do amor bem-sucedido”. Se ela quebrar, pode ser que a área romântica da sua vida, até a sua felicidade doméstica estariam sendo atacadas. Assim, levando a prestar mais atenção nos relacionamentos atuais.

Seguindo essa linha, o recomendado é adquirir um cristal igual ao que se rompeu. A quebra do cristal pode ser um sinal que reforços devem ser tomados perante aquela área que a energia dele age. Portanto, busque pela mesma pedra e a programe em forma de proteção. 

 

Quebrar de outra forma

Se, por acaso, o cristal quebrar de forma não natural, pode seguir o usando. Isso quando, durante o uso ou manuseio, cause uma pancada na pedra e ela venha a quebrar. Como houve uma interferência humana, ele não quebrou por saturar a energia.

 

Existem ainda algumas outras situações diferentes envolvendo os cristais que podem acontecer e tem explicações.

 

O cristal caiu, mas não quebrou

Durante o uso dos cristais, há energias diferentes fluindo, sendo transmutadas. Se o cristal cai, repentinamente, e não quebra, pode ser um sinal para reforçar a sua atenção. A mesma ideia de quando um cristal específico quebra vale aqui. Analise o propósito daquela pedra, identifique a cor e em qual chakra ela atua. 

O azul, geralmente, é relacionado à comunicação, expressão. Os verdes estão conectados ao chakra cardíaco, podendo representar saúde ou amor. Cristais violeta são mais ligados ao espiritual. Seja qual for, pesquise a respeito da pedra que caiu e tente interpretar o que ela está tentando te avisar. 

 

O cristal trincou

Às vezes, ocorre de um cristal límpido, transparente, se tornar trincado. O significado disso é que ele está trabalhando intensamente para você ou para o ambiente em que está inserido. 

Pense na programação que você fez no cristal. Se ele está trincando, é porque está trabalhando em favor daquilo.

Neste momento, é essencial lembrar da importância da purificação. O cristal está em um trabalho árduo de energias, ele precisa de um alívio. Fazer a purificação envolvendo a natureza, como a luz lunar ou solar, pode ser a melhor opção para este cristal. No caso do trincado, tente fazer essa limpeza em períodos menos espaçados do que o de costume.   

 

O cristal sumiu

Caso isso nunca tenha acontecido contigo, acredite, é normal. Sabe quando você tem certeza que colocou seu cristal em um lugar específico e ele some? E então aparece em um local que não tinha a menor possibilidade de estar? Pois é! Existe explicação para isso também. 

Os cristais, além de serem seres vivos, são interdimensionais. Eles tem o poder de se comunicar entre as dimensões, e podem “caminhar” entre elas. Neste momento, é necessário praticar o desapego. Alguns voltam, outros não. 

Se seu cristal sumiu, é porque ele tinha que sumir, tinha que ir para outra dimensão. Nada é por acaso, então desapegue do físico e agradeça pelo o que o cristal fez com suas energias. Assim como dito acima, eles tem missões que não cabe a nós entendê-las completamente. 

 

Os cristais são seres vivos e independentes. Cada um com sua missão que temos capacidade ou não de entender. Eles são repletos de sinais, cabe a nós tentar interpretar, sempre com muita gratidão, o que esses seres têm a nos ensinar.  

 

E aí, gostou do conteúdo? Conta aqui nos comentários se algum cristal seu já quebrou e o que você fez.