Este ano tem sido muito desafiador. Por conta da pandemia, a sociedade necessitou de um distanciamento social. Além de estarmos longes, não sabemos muito sobre o vírus, os sintomas, o tratamento. A situação toda gerou uma pressão psicológica muito maior em todos nós. 

Neste momento de tantas incertezas, é preciso ter um equilíbrio emocional e pessoal. Mas como encontrar o equilíbrio? 

EQUILÍBRIO EMOCIONAL

As emoções fazem parte do ser humano, da humanidade de cada um. O lado emocional do cérebro humano age um pouco mais rápido do que o racional. Nós funcionamos da seguinte maneira: geramos um pensamento, vem um sentimento a respeito dele, e então, temos uma atitude.

Para haver o equilíbrio, os pensamentos precisam estar organizados, para que os sentimentos estejam também e seja possível ter o controle das atitudes. Essa ordem que o equilíbrio demanda, é necessária para conseguir gerenciar a vida.

Porém, em épocas difíceis, de incertezas, é mais difícil ter um grande controle emocional. É capaz de acabar falando sem pensar, magoar os outros, e a si mesmo. Nesse período, é normal – é até bom – ser um pouco introspectivo. Mas que esse processo seja para gerar mais autoconhecimento, pacificar os pensamentos, emoções, e refletir nas atitudes. 

COMO TER EQUILÍBRIO

Ter equilíbrio total não é uma tarefa fácil. É preciso passar por um processo de autoconhecimento que propicia a busca do equilíbrio pessoal. Passar pelas emoções é algo natural, e mesmo entre elas é necessário existir equilíbrio.

Todo mundo precisa ter momentos de tristeza para ter os de alegria; precisa sentir medo para saber sobre confiança. As emoções são para serem sentidas, vividas, e cada ciclo da vida pode ser identificado por uma – ou mais – delas.

Por estarmos em um período mais difícil, é mais do que necessária essa busca pelo equilíbrio. É muito fácil que a situação nos deixe tristes, mas precisamos encontrar a harmonia e, mesmo em um momento crítico, sentir alegrias e ter pequenas vitórias.

 

  • Afaste-se de notícias

Não significa que é para ficar desinformado. Durante a pandemia do novo coronavírus, pudemos ver diversas notícias sendo lançadas a cada momento. Por ser um algo que traz incerteza, é comum que a pessoa queira saber de tudo possível. Contudo, a imersão no assunto não faz tão bem. Até porque, no meio de tudo, existem fake news também.

Essa avalanche de informações diversas trouxe um mal-estar em muitos. Sentimentos como ansiedade, estresse, até crises de pânico foram notados. Por isso, profissionais da saúde aconselham a não ficar o tempo todo focado na doença. Se informe, mas periodicamente e através de fontes confiáveis. 

 

  • Olhe para o seu interior

O autoconhecimento é um processo muito importante do equilíbrio. Ao se conhecer, você consegue prever as atitudes que vai tomar em certas ocasiões geradas por pensamentos ou sentimentos. Isso é necessário para preparar formas de reação a determinadas situações. 

É importante olhar para si mesmo para entender seus limites, gatilhos, o que te deixa triste e o que te faz feliz. Se conscientizar de tudo isso agrega na sua inteligência emocional, e é um passo mais próximo do equilíbrio.

 

  • Evite o que te deixa para baixo

Ao se conhecer, é possível identificar alguns gatilhos mentais que fazem sentir tristeza. Em um período delicado, os assuntos que trazem esses gatilhos devem ser evitados. 

 

  • Faça coisas que te deixam bem

 

Tenha um momento consigo mesmo, desfrutando de sua companhia e das coisas que você gosta. Encontre uma atividade individual que promova o seu bem estar mental. 

Geralmente, atividades que envolvem “por a mão na massa”, como cozinhar, jardinagem, ajudam a desestressar enquanto manipulam os produtos. Mas não é por isso que você deve fazê-las. Faça algo que goste de verdade, que possa te distrair de tudo.

 

  • Tenha contato com quem você ama

Apesar de ainda existir o distanciamento, a medida é apenas física. Não é necessário fazer o distanciamento social, se isolando de todos. Mantenha contato com as pessoas que você se importa e que se importam com você. 

Hoje, após o momento mais tenso e crítico da pandemia, já pode-se achar diversas formas de compartilhar um momento a distância. Videochamadas, jogos em grupo, mandar um delivery são poucas das inúmeras maneiras de se manter conectado à pessoas sem estar no mesmo lugar. 

  • Faça aquilo que postergava

Sabe aquele livro que deixava para depois ou aquela série que você disse que ia assistir nas suas férias? Mesmo com a quarentena se acabando, ainda precisamos ficar em casa. Então, pode ser o momento de fazer todas essas coisas.

Aproveite que muitos serviços se disponibilizaram a distância. Talvez você consiga fazer um curso de um assunto que sempre quis, até mesmo aprender um novo idioma. Alguns profissionais da saúde indicam fazer coisas que sejam a médio e longo prazo. É uma medida para se manter ativo.  

 

  • Cuide da sua energia e vibração

O nosso equilíbrio emocional também pode depender do espiritual. Estamos passando por um momento muito pesado, o que pode afetar a energia de algumas pessoas. Tentar buscar o equilíbrio entre os corpos físico, mental e espiritual pode proporcionar um bem estar enorme emocional.

Se manter com vibrações boas pode ser feito, por exemplo, com Reiki  ou meditações. Para incrementar as intenções do direcionamento de energias e foco, é legal usar cristais que auxiliam nesse processo. 

 

  • Se necessário, busque ajuda profissional

Buscar pelo equilíbrio sozinho nem sempre é fácil. Por isso, existem diversos profissionais que possam te auxiliar neste processo. Não precisa se sentir desconfortável ou ter vergonha.

 

Existem inúmeras formas de buscar o equilíbrio. O importante é que você tenha seu processo individual de autoconhecimento e formas de aplicar a sua inteligência emocional. Conta aqui nos comentários como você lida com tudo isso.